segunda-feira, 20 de maio de 2019

Eleições Europeias: porque te abstens?

De facto uma União Europeia com estruturas não democraticas a impor os mais variados fretes aos povos fazem com que o Parlamento Europeu tenha pouco ou nada de influência. Mas o complicado é que esta abstenção vai levar a um Parlamento Europeu com muitos populista e anti democratas...Por isso não pode sr tempo de desistir e ter um voto que contarie esta situação.

Dia 26 De Maio- Os Orcs estão a chegar......

Por culpa do s Governos que não respondem às expetativas dos povos vem aí uma enchurrada de extrema direita. Como tal preparemo-nos porque de facto , por que estão organizados, e apesar de alguns terem um ar mais angélico vão dar problemas e graves. Olhe-se para os EUA, e o que levou à vitória de Trump. O KKK colocou as unhas de fora. 

E atenção, estes partidos estão começar a fazer cimeiras. O discurso é todo aquele que o povo quer ouvir. Assim populismo rima com fascismo.

E fico com muito medo que este processo de fascização  atinja com força os jovens,,,

Esperemos que por cá , na Europa, os Orcs não ponham as unhas de fora... 
Resultado de imagem para stop fascismo

quarta-feira, 24 de abril de 2019

25 de Abril, Sophia de Mello Breyner Andresen

25 de Abril

Esta é a madrugada que eu esperava 
O dia inicial inteiro e limpo 
Onde emergimos da noite e do silêncio 
E livres habitamos a substância do tempo 

Sophia de Mello Breyner Andresen, in 'O Nome das Coisas' 

segunda-feira, 22 de abril de 2019

Por mil palavras ( postado do Blog Ladrões de Bicicletas)


A fotografia de John Moore, vencedora do World Press Photo 2019, com uma criança hondurenha (Yanela Sanzhez, dois anos) a chorar enquanto a mãe (Sandra Sanchez) é revistada e detida perto da fronteira dos Estados Unidos com o México. Captada a 12 de junho de 2018 e capa da «Time», a imagem da «Menina a chorar na fronteira» correria mundo, contribuindo para desencadear o movimento de contestação ao programa de separação das famílias de imigrantes, de Donald Trump, que afetou cerca de dois mil menores. 

«Ainda não tinha a fotografia que mostrasse o impacto emocional da separação das famílias», disse John Moore, considerando que a «imagem tocou os corações de muitas pessoas» ao «humanizar uma história maior». Para Alice Martins, fotojornalista brasileira e membro do júri, a imagem captada por Moore mostra «uma violência diferente, que é psicológica». Richard Cohen, do Washington Post, considerou que a foto não deixa de ser também de Donald Trump e «da sua cruel política, do seu coração gélido, da sua falta de empatia».

PS e CDS admitem alterar a Lei da Greve...mas só depois das Eleições...

A Greve dos Enfermeiros e agora dos Camionistas de matérias perigosas vão lançar a discussão da mudança da Lei da Greve... Infelizmente. Já aqui haviamos alertado que o resultado destas greves " radicais " era este. Foi assim na Inglaterra de Tatcher que esmigalhou o movimento sindical da altura. Agora cá aguardemos mais um tempo e veremos a Greve a ser uma coisa mais difícil. Agradeçam aos sindicatos " radicais" ...e também ao oportunismo de PS / PSD e CDS...O cinisno de PS a e CDS que pensam na hipótese de  alterar a lei da Greve mas só depois de Eleições. ....Digam já ao que vão....