domingo, 16 de fevereiro de 2020

Eutanásia: As portas que a morte assistida abriu

A Eutanásia será aprovada junto na AR no proximo dia 20 de Fevereiro. Quem disse que este era um tema fundamental para os Portugueses?
Não vejo ser discutir outras questões:

-  Natalidade: Porque não discutem medidas simples. Cada casal com 2 filhos receber X euros mensalmente?

- Proteção aos idosos: com tantos casos de abandono e falta de cuidado, porque não se cria uma rede de Comissões aos Idosos, com visitas e apoios regulares aos idosos isolados.

-Abandono do Interior: Medidas a sério para o Interior. Fim de encerramentos de serviços públicos e pagamento de verbas mensais para que mude para interio

- Rede de cuidados paliativos públicos- niguém quer discutir isto. Porque será?

Haveria muita coisa a  fazer sobre estes outros temas.

Voltando à eutanásia: uma soliciedade que vai coisificando as pessoas, dá agora o "direito" a morrer! Será mesmo um direito? Pode esta matéria ser um direito? Não se percebe as portas que esta matéria vai abrir?
Numa sociedade que devia aliviar a dor, vai-se caminhar pelo caminho mais fácil...
Agora quem se considerar com dor insuportável, tem direito a pedir. E terá de estar consciente. O seu pedido terá de ser analisado por uma Junta Médica...a uns será aceite, a outros será rejeitado. Só esta discussão é doentia. Até parece que vivemos num país cheio de condições... Abriu-se uma porta. Que vai alterar a lógica vigente... para pior. Aqueles que olham para a teoria de que se está a criar um novo direito, veem apenas uma parte do problema, sem ver o seu todo....Gostava de estar enganado...

sábado, 25 de janeiro de 2020

BansKy, Parlamento

Quadro de Banksy com chimpanzés na Câmara dos Comuns

31 de Janeiro 2020- Tempo de lutar

Resultado de imagem para frente comum manif 31 janeiro
O ridículo aumento de 0,3 deveria fazer corar de vergonha o Governo que o propõe. A comunicação social fala deste "aumento" , sem esmiuçar os valores anedóticos em euros. Para já não falar de tudo o que o Goveerno não quer mudar, SIADAP, férias, Carreiras. Esta é só a primeira luta geral de muitas...

domingo, 19 de janeiro de 2020

Orçamento de Estado 2020: Abstenção "violenta" de PCP e BE, levará ao triste crescimento do CHEGA...

Tudo o que o Triplalium escreve... espero que não vir a acertar...

O PCP viabilizou o governo da "Geringonça", Fez bem... mas colheu os seus frutos perdendo milhares de votos.
Ou seja perdeu uma das caracteísticas: querer lutar...querer uma sociedade diferente...ser não apenas uma peça dentro do sistema ( mesmo querendo ajudar, não o nego). O Governo PS desse tempo livrou o povo do PSD/CDS. Muito bem. E depois?

Depois tinha de seguir o seu caminho e não ser uma muleta do PS, tentando negociar pequenas coisas com o PS. Muitos se indignarão? Pequenas coisas? Sim. Pequenas coisas face à degradação da Saúde, da Educação. dos Transportes Públicos.. E começa a crescer a percepção no povo que as coisas não estão assim tão bem. E surge o populista / fascistazinha de pacotilha André Ventura como o grande heroi ...as abstenções de PCP e BE a isso levam...

Com a abstenção do PCP no OE 2020, como ficarãos os pensionistas e funcionários públicos do ponto de vista de representação? Quem os reperenta? O PCP , o BE , que abstêm face a um aumento de 0,3? E se não for 0,3 será algo parecido....
Fica a ideia de que os partidos de esquerda entraram naqueles calculismos eleitorais... mas seria bom porem um par de óculos , pois serão trucidados com especial destaque para o PCP..

Com as abstenções da esquerda , André Ventura sairá reforçado...não ver isto é não ver nada.
E o PCP, com uma liderança gasta,  caminha alegremente para a sua menorização e desaparecimento.
"Acordai, homens que dormis"...é caso para dizer

segunda-feira, 12 de agosto de 2019

Greve dos motoristas de matérias perigosas,o terreno dos populistas e da maioria absoluta do Governo PS...

Resultado de imagem para pardal de trotinete

Aproveitando as insatisfações dos motoristas, aparecem figuras como esta, que dão gás às suas legítimas reinvidicações. E aparecem estes Sindicatos, no espaço onde lhes foi permitido. A Fectrans esteve , ao que se sabe, 20 anos sem um greve no sector.... Ora osso paga-se caro como se está a ver. aparecem estas aves e têm algum sucesso mediático. E aparecem porque lhes foi permitido...e essa "permisão" foi não ter eexistido luta durante este tempo todo,
Já aqui o tinha escrito na última greve dos enfermeiros ( a greve cirúrgca liderada pela sra bastonária): estas greves servem para ir acabando com o direito á greve. Veja-se os serviços mínimos, que são máximos decididos pelo Governo. E claro com o apoio da população... depois dos passes sociais , o governo tem aqui mais um palco para a sua tentativa de maioria absoluta... o que seria lamentavel para o país...